TV reparo

   "FAQ"

 

Reuni nesta página algumas das perguntas mais frequentes que tenho recebido sobre o tema . Você também pode participar , basta enviar sua consulta para: eletronicas@pop.com.br

 

 

1 - A imagem da minha TV está fraca e as cores com pouca vida . Qual o diagnóstico mais provável ?

R - Normalmente as características que vc cita são decorrentes de um cinescópio esgotado . Isto ocorre pela desgaste do elemento "catodo" responsável pela emissão do feixe de elétrons . O tempo de vida útil de um cinescópio , em média pode ser estimado em 10 anos , desde que sejam obedecidas suas características básicas.

2 - É normal o aquecimento da tampa traseira de um TV ?

R - Sim , é normal . Principalmente devido ao filamento do cinescópio e aos circuitos que liberam calor , a tampa traseira dos TVs possuem aletas de ventilação para facilitar a troca de calor com o meio ambiente , evitando que o interior do TV atinja temperaturas altas.Para prolongar a vida de um receptor é muito importante mantê-lo trabalhando em temperaturas amenas , para isto jamais obstrua as aletas de ventilação , nem posicione o TV em local ou estantes que não permitam uma ventilação adequada.

3 - O fusível de minha TV queimou depois de uma tempestade .Êle foi substituído por outro de mesma amperagem , mas voltou a queimar . Porque ?

R - Observe que o fusível é um dispositivo de PROTEÇÃO do seu aparelho , e não um componente que deva ser substituido pura e simplesmente. Sempre a queima de um fusivel nos indica alguma anormalidade que deve ser pesquisada : por exemplo algum curto-circuito interno nos retificadores , ou na fonte de alimentação. No seu caso , a queima do fusivel indica que o problema persiste e deve ser sanado antes da troca do fusível . Jamais substitua fusíveis por outros de maior amperagem , que poderão causar problemas mais sérios ao Tv.

4 - Como saber se um problema de vídeo está no canal de luminancia ou de crominancia ?

R - Para esclarecer sua dúvida , deixe-me antes explicar como é formada a imagem na tela: toda imagem pode ser dividida basicamente em duas componentes principais: a Luminancia (ou simplesmente Luma) e a Crominancia (ou simplesmente Croma) . Como o próprio nome sugere , a luminancia é a componente da imagem que só contem as informações de brilho , ou seja o preto e branco. Podemos dizer que a luminancia é a principal componente de uma imagem , que lhe distingue por sua NITIDEZ e qualidade. A crominancia é a componente que agrega as cores a uma imagem . A crominancia ou croma de uma imagem confere o colorido , sem acrescentar entretando maior riqueza nos detalhes que já devem estar representados pela luminancia. O sinal de croma possue menos largura de faixa do que o sinal de luminancia. Na sua TV , para observar o sinal de luminancia basta reduzir por completo o ajuste de saturação ! O que restar será puramente o sinal de luminancia. Agora isto responde a sua pergunta inicial: um problema nos estágios de croma , afetam somente o colorido da imagem , enquanto que um problema nos estágios de luminancia normalmente tem um comportamento mais drástico, podendo até mesmo fazer a tela ficar totalmente clara ou escura.

5 - Estou concluindo meu curso técnico , e gostaria de saber quais os intrumentos básicos de que irei necessitar para montar minha oficina ?

R - Para o reparo de TVs preto e branco e a cores , podemos citar como intrumentos básicos o multiteste , um gerador de sinais e sempre que possível um bom osciloscópio . Caso não seja possível arcar com todos estes custos iniciais , será prudente providencia-los ao longo do desenvolvimento de seu trabalho , tendo em vista a grande ajuda que eles proporcionam na pesquisa de defeitos.

6 - Sempre ouvi dizer que os fly-backs são componentes fáceis de queimar . Isto é verdade ?

R - Veja , sempre é difícil analisarmos um componente quanto a sua falha ao longo de sua vida util . O que podemos afirmar é que o fly-back , por ser um componente que opera com tensões elevadas e que por isto necessita de isolações adequadas , é um componente que exige em seu processo de manufatura , cuidados específicos . Qualquer falha neste processo , por menor que seja (por exemplo uma bolha de ar na camada do isolante) irá reduzir a sua vida útil. Como maior índice de falhas nestes componentes podemos citar a perda de isolação , seja entre espiras (camada de verniz do fio) ou entre camadas (elemento dielétrico) . Um curto circuito entre espiras , já será o suficiente para provocar um super aquecimento do componente que o levara a auto- destruição ! Ambientes excessivamente úmidos também deve ser evitados pois aceleram a destruição dos dielétricos .

7 - Possuo uma pequena oficina e sempre tive problemas em fornecer um orçamento correto aos meus clientes . Como devo proceder ?

R - Antes de mais nada , procure localizar com exatidão o componente defeituoso , e consulte o seu custo nas casas de eletrônica da sua cidade. Não se esqueça que outros componentes menores poderão também estar danificados e que exigirão substituição . Portando um orçamento básico preliminar deve considerar todos estes fatores. Lembre-se de que a melhor forma para um bom atendimento é a seriedade no trabalho e sobretudo um orçamento sem exageros ! Um cliente bem atendido retorna e recomenda a seus amigos . Caso não tenha absoluta certeza sobre os gastos de material em um concerto , esclareza esta posição ao cliente ANTES de iniciar seus trabalhos !

8 - Os receptores mais atuais operam sempre com microprocessadores e chips dedicados . Pouco conheço sobre estes componentes . Como posso me atualizar ?

R - Em primeiro lugar procure sempre obter as documentações originais de cada fabricante . Um esquema elétrico e manual de oficina sempre para ajudar as oficinas . Caso disponha de tempo e condições , existem bons cursos de eletronica dedicados aos microprocessadores . A leitura de livros e manuais também irá axilia-lo bastante . Porém , como costumo dizer , a melhor teoria é a prática ! tendo conhecimento básico prévio , procure nas horas de folga "brincar" e pesquisar sobre algum aparelho que disponha . Cada pino de um micro , recebe ou emite uma informação . Lembre-se de que se ela for digital , normalmente será de 0 volts ou 5 volts. Este sinal de controle é quem : libera , bloqueia , ativa , inibe , liga , desliga , ou realiza qualquer outra função no aparelho . Mas cuidado: "brinque" com cautela e conhecimento , caso contrário irá ganhar uma bela dor de cabeça depois ...

9 - Possuo uma antena externa mas a imagem de alguns canais em minha região ainda são ruins . Isto é problema da antena ou do receptor ?

R - Uma vêz que o seu receptor reproduz boa imagem para alguns canais , podemos assumir em princípio que êle está normal. Dependendo da região os sinais de diferentes emissoras podem chegar ao ponto de captação (antena) através de diferentes posições , daí a diferença entre os níveis dos sinais captados. Isto é mais ou menos comum , pois as torres de transmissão nem sempre são localizadas num mesmo ponto. Orientar uma antena para uma boa recepção de alguns canais , pode prejudicar outros ! A solução deste problema esta em se agregar mais de uma antena num mesmo sistema de descida , orientando-as conforme a necessidade . O sinal deve ser misturado (misturador) para descer por um cabo único.

10 - Minha TV apresenta bastante ruído no canal 4 de minha região . Levei para testar em casa de um amigo onde o sinal do 4 é razoável , mas ela continuou apresentando ruído ?

R - Isto indica que o "tunner" de sua TV tem menor sensibilidade (ganho de RF) . Este também é um problema típico entre aparelhos de marcas diferentes ou até mesmo entre receptores de mesma marca e modelos diferentes . O tunner é o componente principal na definição da sensibilidade dos receptores . Com sinal forte , a sensibilidade do receptor não pode ser observada . Ela só vai ser percebida exatamente com o teste que você relatou .

11 - Quando desligo minha TV , sempre continua asceso um led vermelho , que me informaram ser de standby . Isto não consome energia ? Devo desligar da tomada sempre ?

R - As fontes de alimentação dos modernos Tvs são do tipo chaveada e possuem o modo StandBy , isto é repouso , permitindo que algumas funções do TV (por exemplo controle remoto) continuem operando mesmo com o TV desligado . O consumo neste estágio é insignificante e em nada prejudica o aparelho , portanto não há necessidade de desliga-lo da tomada , a não ser quando o usuário vai se ausentar da casa por um período prolongado , e deseje manter o aparelho desligado (recomendado) .

12 - Sempre ouvi falar que durante as tempestades é prudente desligar os aparelhos eletrônicos , inclusive da tomada . Porque isto ?

R - Durante as tempestades , a ocorrência de descargas atmosféricas (raios) é grande . Essas descargas ocorrem entre as nuvens e a terra , e sempre optam pelo caminho mais fácil ! Em regiões onde existam os para-raios , o circuito é fechado por ai . Porém elas podem ocorrer entre qualquer outro caminho que se apresente disponível no instante da descarga: por exemplo redes elétricas , redes telefonicas , cabos de antena , etc. Estas descargas são instantaneas porém de altíssima voltagem , o suficiente para atravessar sem problemas inclusive circuitos isolados. Dai a recomendação de se desplugar os aparelhos da rêde elétrica , e sempre que possível , cabos de antena , e entradas de linha telefonica ! Este cuidado deve especialmente ser observado em locais abertos , campos e sítios .

13 - Gostaria de perguntar sobre as possíveis causas de um problema que ocorreu com minha Tv/Vcr Philco: uma fita de vídeo ficou presa no aparelho , e ao dar eject houve-se um barulho de motor girando e nada acontece ?

R - Algumas causas podem causar este problema , dentre elas , as de maior probabilidade são: correia do motor partida ou frouxa / box do mecanisamo empenado . Em qualquer caso será necessário abrir o Tv para um melhor diagnóstico . Correias partidas (ressecadas pelo calor) podem ser substituidas só com a retirada da tampa traseira.

Obrigado pela visita !

eletronica@pop.com.br «E-MAIL» esquemaster@gmail.com

Telefone informações (51)8407 6414

 

VOLTAR